A Embratel
Press Releases
Últimos releases
Busca de Releases
Comunicados
Últimos releases
Release

10/12/2014
Prêmio Imprensa Embratel Claro anuncia o grande vencedor do Barbosa Lima Sobrinho

Em cerimônia realizada na noite de ontem, no Rio de Janeiro, 17 reportagens foram premiadas na 15ª edição do Prêmio Imprensa Embratel Claro. O destaque foi para o flagrante do fotógrafo Domingos Peixoto, para o jornal O Globo, registrando o momento exato no qual o cinegrafista da TV Bandeirantes, Santiago Andrade, foi atingido por um rojão explosivo, culminando com a sua morte.

A sequência de fotos conquistou o Grande Prêmio Barbosa Lima Sobrinho e a entrega do troféu ao vencedor foi aplaudida de pé por todos os presentes na festa que ocorreu na noite de ontem (09/12), no Miranda (Lagoon ¿ RJ). As fotos foram utilizadas como provas do crime, resultando na prisão dos envolvidos.

Na edição deste ano, o Prêmio Imprensa Embratel Claro recebeu 1.812 reportagens de 745 jornalistas de todo o País e distribuiu premiações que totalizaram, em valores líquidos, R$ 196 mil.

Entre as novidades da 15ª edição do Prêmio Imprensa Embratel Claro, destacaram-se a criações das sessões específicas para as reportagens veiculadas em Jornal, Revista e Internet e da categoria Foto/Cinematográfica (Imagem Jornalística - tema livre), que reúne reportagens fotográficas e cinematográficas.

Confira as reportagens vencedoras das 16 categorias da 15ª edição do Prêmio Imprensa Embratel Claro:

Vencedora categoria Reportagem Regional Centro-Oeste/Norte
Título reportagem: "Série vai trabalhar deputado"
Data publicação: 2/4/2014
Jornal Correio Braziliense
Equipe: Almiro Marcos e Camila Costa (repórteres)
- A série aborda a atuação da Câmara Legislativa do D
istrito Federal, a partir da oficialização da gazeta, em 1º de maio deste ano, quando a Casa, em ano eleitoral, decidiu fixar apenas um dia da semana para votações (terça). A atitude gerou reações. O jornal abraçou a causa e promoveu a campanha "#vaitrabalhardeputado". Mesmo reclamando da vigilância ao longo de um mês, os parlamentares entenderam o recado e passaram a comparecer às sessões.

Vencedora categoria Reportagem Regional Nordeste
Título da reportagem: "Um mergulho no absurdo"
Data da publicação: 3/11/2013
Jornal do Commercio (Recife/PE)
Equipe: Wagner Sarmento (repórter), Diego Nigro (fotógrafo) e Marina Barbosa (estagiária)
- Máxima no jornalismo diz que notícia é quando o homem morde o cachorro - porque o inverso é coisa comum e, portanto, sem valor jornalístico. Esta reportagem prova o contrário. Nasceu a partir de um flagrante que, neste paralelo, é cachorro mordendo o homem mesmo. E virou notícia. Eram três meninos, a água até o pescoço, mergulhados no lixo do Canal do Arruda, Zona Norte do Recife, catando latinhas pra dar de comer à família. Esta infância invisível saiu da penumbra e suscitou desdobramentos.

Vencedora categoria Reportagem Regional Sudeste
Título da Reportagem: "Abrimos o arquivo secreto da Operação Camanducaia"
Data da publicação: 29/4/2014
Rede Record (Jornal da Record)
Equipe: Rodrigo Viana (repórter), Luiz Malavolta (produtor), Paulo Teramitsu (produtor), Ricardo Andreoni (produtor) e Márcia Cunha (editora)
- Após um ano de investigação, a equipe da Record achou o processo completo sobre uma das histórias mais vergonhosas da Policia Civil, Ministério Público e Judiciário de São Paulo. Em 1974, quase cem menores de idade foram presos ilegalmente, torturados e mandados num ônibus para Minas Gerais, onde foram jogados nus no meio da mata, em Camanducaia. A ditadura fez de tudo para que o caso fosse abafado e terminasse impune. O Tribunal de Justiça e o Ministério Público arquivaram o processo, mas a equipe da Record localizou e ouviu as vitimas.

Vencedora categoria Reportagem Regional Sul
Título da Reportagem: "Proibidos, falsificados e perigosos"
Data da publicação: 25/11/2013
Jornal Zero Hora
Equipe: Caio Cezar Cigana (repórter)
- A reportagem mostrou, de forma inédita na imprensa brasileira, os riscos da comercialização ilegal de agrotóxicos pela internet, denunciando vendedores e levando a descoberta de uma revenda que fazia a comercialização de produtos proibidos. O assunto passou a ser investigado pelo Ministério Público e a Polícia Civil. A matéria mostrou ainda o perigo da contaminação por agrotóxicos, o uso irracional de defensivos no Brasil e como este problema afeta a água e os alimentos.

Vencedora categoria Reportagem Cultural
Título da Reportagem: "Terra da poesia"
Data da publicação: 6/3/2014
TV Brasil (Caminhos da Reportagem)
Equipe: Carina Dourado Rodrigues (repórter), Débora Brito e Beatriz Abreu (produção), Osvaldo Alves (cinegrafista), Marieta Cazarré e Paulo Eduardo Barbosa (edição de texto), Fábio Lima (edição de imagem e finalização) e Lion Arthur (auxiliar técnico) - Sertão do Pajeú, terra da poesia: onde a seca e o sofrimento se transformam em alimento para a alma. Em São José do Egito, há quase duzentos estilos poéticos criados. Lá, onde o padre é poeta, o prefeito é poeta, a prostituta é poetisa, esses personagens se encontram para fazer inspirados sarais sob um umbuzeiro centenário. Já em Carnaíba, o forte é a música. Zé Dantas, parceiro de Gonzagão, nasceu lá e ajudou a sanfona a ganhar força, além de vários outros instrumentos.

Vencedora categoria Reportagem Econômica
Título da Reportagem: "O dinheiro da fé"
Data da publicação: 26/1/2014
Jornal Correio Braziliense
Equipe: Diego Amorim e Simone Kafruni (repórteres)
- A série especial retratou como as principais religiões lidam com o dinheiro no Brasil. Informações inéditas trouxeram à tona um assunto encarado como tabu. Muito além do que dimensionar a riqueza movimentada por artigos de fé, a reportagem revelou como as instituições fazem render as ofertas dos fiéis: são R$ 21,5 bilhões por ano. Pioneira na temática econômica, a série provocou enorme repercussão e instigou um debate em torno da transparência e do bom uso do "dinheiro divino".

Vencedora categoria Reportagem de Televisão (tema livre)
Título da Reportagem: "Saneamento no Brasil"
Data da publicação: 1/10/2013
TV Globo (Jornal Nacional)
Equipe: Tiago Eltz (repórter), Clarissa Cavalcanti (produção); Beatriz Almeida (edição); Carlos Nunes (editor de imagem); Thiago Capelli (cinegrafista), Jorge Moura (técnico); Ricardo di Biazi (arte)
- A partir de um relatório que constatou que a metade da população do país não tem tratamento de esgoto, a reportagem abordou o sério problema do saneamento básico no País, em série veiculada no Jornal Nacional. Segundo as reportagens constataram, boa parte das obras nesse campo estão atrasadas ou paradas. A equipe da TV Globo foi de norte a sul do país para mostrar como a falta de saneamento é um problema emergencial de saúde pública e ambiental.

Vencedora categoria Reportagem em Internet/Portal de notícias (tema livre)
Título da Reportagem: "Filho do golpe"
Data da publicação: 23/3/2014
Jornal Diário de Pernambuco
Equipe: Silvia Bessa (repórter), Juliana Colares (repórter e editora) e Annaclarice Almeida (fotógrafa)
- "Filhos do Golpe" traz testemunhos orais de cidadãos que superaram barreiras pessoais em favor da memória do coletivo. Publicado uma semana antes dos 50 anos da Ditadura, revela o Golpe pelo viés dos filhos. Em vídeos, eles falam sobre o que viam, sentiam e sentem. E sobre as famílias. Entrevistamos filhos de famosos e de anônimos no Recife, Rio e São Paulo. Pela densidade dos depoimentos, o formato da reportagem prioriza a narrativa dos entrevistados. A sua produção durou um mês.

Vencedora categoria Reportagem Esportiva
Título da Reportagem: "Dossiê Vôlei"
Data da publicação: 24/3/2014
ESPN Brasil
Equipe: Lúcio Castro (repórter)
- Pela primeira vez na história do jornalismo brasileiro se comprovou o desvio de verba de uma confederação de esportes olímpicos, beneficiárias de verbas públicas em larga escala. A série de 10 reportagens de reportagens, repercutiu em todos os meios, teve como consequência o afastamento do presidente da entidade e a entrada de Polícia Federal, MP e CGU no caso. O autor foi convocado ao Congresso para falar sobre a série, que revelou um retrato devastador do desvio de verbas no esporte do Brasil.

Vencedora categoria Reportagem Investigativa (Troféu Tim Lopes)
Título da Reportagem: "Moto fantasma"
Data da publicação: 20/7/2014
Rede Record (Domingo Espetacular)
Equipe: Fabiano Falsi (repórter), Leandro Cipoloni, Afonso Monaco, Luis Miguel Walter Zunica (Lumi Zúnica), Luis Carlos Giancuito (Luiz Guerra), Antonio Carlos Ribeiro, Eldison Nunes, Eduardo de Marchi, Odair Marquesolo, Alan Fonseca Pela, Caio Augusto Ribeiro de Almeida Sugimoto
- A reportagem "Moto fantasma" é uma produção investigativa que durou seis meses e passou por dois países. A moto é fantasma porque foi montada com peças de desmanches de São Paulo. O título também lembra o novo proprietário da moto, que é fictício e ganhou um documento falso. Assim, nossos repórteres conseguiram legalizar a moto na Bolívia, descobrindo um esquema de corrupção que envolve políticos poderosos no país vizinho. Na volta ao Brasil, trouxemos a placa da moto sem sermos incomodados pela PF.

Vencedora categoria Reportagem sobre Educação
Título da Reportagem: "A diferença começa na escola"
Data da publicação: 30/10/2013
Revista Exame
Equipe: Daniel Barros (repórter) Alexandre Battibugli (fotógrafo) e Roberto Caetano (editor executivo)
- Mostrar a relação entre boa educação básica e qualificação da mão de obra foi o propósito dessa reportagem, além de também revelar que há exemplos de boas práticas dentro do Brasil. A partir desses exemplos e de experiências de outros países, a matéria se propôs a dizer quais são as medidas essenciais para dar um salto em educação. A reportagem foi repercutida por especialistas em diversos programas de rádio, além de já ter recebido outra premiação jornalística na categoria educação.

Vencedora categoria Reportagem sobre Tecnologia da Informação/Telecom
Título da Reportagem: "No sertão, web veloz chega no lombo de jegue"
Data da publicação: 7/2/2014
Jornal Valor Econômico
Equipe: Ivone Santana (repórter)
- Matéria trata das dificuldades de pequenos provedores de acesso à internet em áreas remotas do Nordeste, enquanto, no Sudeste, as operadoras brigam pelo mercado de fibra óptica com velocidade de transmissão de 120 a 500 megabits por segundo (Mbps). No sertão nordestino, a tecnologia caminha a trotes lentos, muitas vezes nos lombos de burros de carga. A realidade da região expõe o ambiente inóspito e carente de infraestrutura, onde operadoras e provedores de acesso à internet brigam pela capacidade de rede disponível e competem pela atenção do sertanejo.

Vencedora categoria Reportagem Socioambiental (Troféu Instituto Embratel/Claro)
Título da Reportagem: "Deserto avança / Deserto contido"
Data da publicação: 5/4/2013
Jornal Diário do Nordeste
Equipe: Maristela Crispin, Emerson Rodrigues e Fernando Maia (repórteres), Cid Barbosa, Kid Júnior, Fabiane de Paula (fotógrafos) e Felipe Goes (diagramador)
- A equipe viajou pelos quatro núcleos de desertificação do Brasil - Gilbués (PI), Irauçuba (CE), Seridó (RN) e Cabrobó (PE) - identificados pelo Ministério do Meio Ambiente para mostrar que o manejo inadequado da terra é o principal motivador do problema. Destacamos, ainda, pesquisas e iniciativas de convivência com as adversidades climáticas da região, como as da Articulação do Semiárido (ASA), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) Semiárido e Instituto Nacional do Semiárido (Insa).

Vencedora categoria Reportagem em Jornal (tema livre)
"Título da Reportagem: "50 anos do Golpe militar"
Data da publicação: 14/3/2014
Jornal O DIA
- Equipe: Aziz Filho, Rozane Monteiro, André Balocco, Juliana Dal Piva, Alexandre Medeiros, Alysson Cardinalli, Aurélio Gimenez, Caio Barbosa, Christina Nascimento, Constança Rezende, Fernando Faria, Fernando Molica, Flávio Almeida, Francisco Alves Filho, Francisco Edson Alves, Hilka Telles, João Antônio Barros, Leandro Resende, Marcia Disitzer, Marco Aurélio Reis, Nelson Vasconcelos, Nonato Viegas, Roberto Pimentel, Suzana Blass
- A chegada dos 50 anos do golpe militar brasileiro passou a dominar as reuniões de planejamento de editores e repórteres, a partir do final de dezembro do ano passado. A proximidade da data de 31 de março, em meio a inúmeras discussões sobre os trabalhos da Comissão Nacional da Verdade, suscitava a necessidade de levar aos leitores um pouco da memória daquele tempo, além de levantar novamente questionamentos que se perduram ao longo do tempo: por que o governo democrático foi derrubado? Como era o País em 1964? Quais foram os fatores decisivos? Qual foi o papel da imprensa?

Vencedora categoria Reportagem em Revista (tema livre)
Título da Reportagem: "O lado oculto das contas de hospital"
Data da publicação: 12/5/2014
Revista Época
Equipe: Cristiane Segatto (repórter)
- Durante sete meses, a repórter investigou como a relação doentia entre planos de saúde e hospitais privados eleva os custos de saúde no Brasil e leva à falência famílias abandonadas pelos convênios médicos. Ao analisar item por item das cobranças recebidas por pacientes e familiares, foram apontados desvios inaceitáveis na forma como os hospitais tarifam seus serviços. Em 20 páginas, a reportagem minuciosa analisa exemplos do exterior e sugere mudanças que podem tornar mais justo o mercado da saúde privada.

Vencedora da categoria Reportagem Foto/Cinematográfica (tema livre)
Título da Reportagem: "Um mergulho no absurdo"
Data da publicação: 3/11/2013
Jornal do Commercio (Recife/PE)
Fotógrafo: Diego Nigro
- Ele nada onde nem os peixes se atrevem. De longe, sua cabeça se confunde com os entulhos. Lá no canal do Arruda, o absurdo é rotina. Paulo Henrique Felix de apenas 9 anos, aproveita a maré baixa e o acumulo do lixo, para catar latinhas de alumínio e ajudar sustento da casa e de seus 6 irmãos. A imagem foi capa de vários jornais, sites e revistas espalhados pelo mundo. Enfim, Paulinho é visto, a vida mudou e agora ele estuda, pratica esportes e pode sonhar com um futuro digno.

Assessoria de Comunicação e de Imprensa da Embratel - PLANIN
www.planin.com - tel. (11) 2138-8900
Email: embratel@planin.com




 

Embratel 2010 - Todos os direitos reservados Política de Privacidade